03 agosto, 2013

Fica.

Preciso sentir  teu cheiro, não como uma lembrança mas como algo presente, isso mesmo, um presente embrulhado em papel bonito que dá até pena de abrir. Quero a tua presença, e não quero sentir falta da tua ausência. Quero a tua voz pela manhã, os teus beijos no fim da tarde e o teu calor de madrugada.
Quero ser tua, pertencer-te e que penetres no mais profundo do meu ser, no mais profundo de mim.
Que sejas... O meu céu, meu mar, meu véu. Que tapes os meus olhos do que for destruir-me, que abras o meu coração para o que for construir-me.
Preciso olhar para o lado e saber que estás aí e saber que posso ir e voltar e que tu nunca mudarás de lugar, como aquela estátua antiga do jardim.
Fica.
Fica comigo.
Até quando eu disser para ires embora, até quando eu disser que a tua cara me enjoa...
Fica.
Porque preciso de ti para ser eu, preciso de ti para estar completa.
Fica.