27 agosto, 2015

O fim do amor


Eu seria capaz de chorar um rio, se lágrimas trouxessem realizações embrulhadas em tecidos de novidade. Não lamento pelo passado, pelas discussões, conversas de portas batidas e lágrimas a frente de uma tela de computador.
Lamento, antes, pelo fim do amor.
O fim do nosso amor.