07 março, 2016

Os desafios da socialização na era Tecnológica


O mundo tem vindo a registar nos últimos tempos uma forte integração com maior intensidade das relações socioespaciais, instrumentalizada pela conexão entre as diferentes partes do globo terreste, motivadas, entre outros factores, pelas transformações tecnológicas, com destaque para a difusão dos meios electrónicos e da internet.
Como tal, se por um lado estas transformações vêm revolucionar a forma como vemos o mundo, ampliando a nossa visão e abrindo a possibilidade de se adquirir novos conhecimentos, por outro lado vêm desafiar a nossa capacidade de socialização e a preservação de valores. Senão, vejamos por exemplo: no nosso cotidiano, quantas vezes alegamos falta de tempo, quando na verdade passamos mais tempo dedicado aos meios electrónicos, ao invés das pessoas que nos rodeiam? Recorde-se que o tempo é o único recurso que todos nós temos em igual quantidade, isto é 24/dia e 365 dias/ano.
Por isso, é necessário que as pessoas estejam prudentes para não deixarem de lado as coisas essenciais da vida, evidenciando maior controle do tempo gasto no uso dos equipamentos electrónicos e da internet, por formas a fazer face aos desafios da socialização na era da tecnologia, nomeadamente, maximizar a produtividade laboral, académica e as relações interpessoais, adoptando comportamentos diferenciadores, como os que passo a citar em seguida:
  • Reservar horários apropriados para as interações virtuais;
  • Durante as pesquisas na internet, captar apenas a ideia central e dar azo a criatividade e argumentação;
  • Privilegiar as interações presenciais, e durante as mesmas, evitar desvios de atenção (redes sociais, chats etc)