01 junho, 2016

Com se fosse a primeira vez


Hoje,
Eu ainda sinto meu corpo arrepiar, quando falo contigo, quando te imagino por perto...
Hoje,
Meu coração ainda se alegra quando lembro do teu olhar, teu toque, teu sorriso, tua maneira de falar, de me comandar, em fracção de segundos...
Hoje,
Ainda cresce uma esperança dentro de mim, sempre que falamos, sempre que sei que estaremos juntos...
Hoje,
Mesmo depois de tantas quedas, quero cair de novo, desde que isso signifique viver momentos bons contigo
Hoje,
Mesmo depois de tanta espera, quero espero de novo, desde que isso signifique ter-te plenamente, num instante que pode durar uma noite, uma semana, um minuto, ou quem sabe... para sempre!
Hoje,
Depois de tanta lágrima, quero chorar novo, porque prefiro chorar por ti do que chorar pelo vazio de não viver a nossa historia.
E mesmo depois de teres terminado, sempre, sem pensar na falta que me fazes, quero submeter-me a isso outra vez, quero correr este risco, porque no meio do risco está a esperança de finalmente ser para sempre
E mesmo depois de conseguires te afastar, como se nunca tivéssemos estado tão perto, te calares como se nunca tivéssemos falado, e amar outro alguém como se nunca me tivesses amado, depois de tudo isso eu estou aqui:
Para me doar outra vez,
Para estar por perto outra vez,
Para falar outra vez,
Para te amar mais uma vez,

Como se fosse a primeira vez!
Autora: Suely Soares