17 agosto, 2016

Sou Mulher- Sou Angolana


Sou mulher e tenho fraquezas
não me julgues por focar na beleza
minha sociedade vê isso como riqueza

Sou mulher, e defendo o meu lar
Passo por cima da violência doméstica
fecho os olhos para as noites que o meu marido não passa em casa
e depois choro sozinha para aliviar

Sou mulher, trabalho, cuido da casa, 
do meu marido e dos meus filhos 
choro quando tudo que faço não é reconhecido
mas saiba o mundo, que eu amo o meu marido
para vê-lo feliz até o divido
não me julgues por me doar
é que a minha sociedade me anula se eu não tiver um lar

Autora: Suely Soares