12 setembro, 2016

Quem te inspira


Todos temos pelo menos uma vez na vida alguém que vem e que fica, que vem e muda, que vem e destrói suas antigas crenças, que te faz dessonhar alguns sonhos e planos e reescrever outro por cima, te vira do avesso, sacode e desmonta. Essa pessoa que fica nem sempre permanece ao seu lado, mas eterniza na memória, e é sempre uma recordação com sabor de saudade e cobertura de mel. Às vezes a participação dela é de um dia (e que dia), às vezes um mês, um ano ou uma vida, é relativo o tempo mas a relevância será indiscutível. Tudo aquilo que nunca morre dentro de ti é eterno, o que você aprendeu, sentiu, viveu e agradeceu. Se quando pergunta a si mesmo se faria tudo de novo ou se valeu a pena, e algo no seu interior responde que sim com um sorriso, você tem seu pedaço de eternidade.
Essa pessoa especial te ensinará coisas que os outros ao seu redor não foram capazes, porque terá uma chave de acesso ao seu coração e mente e apenas na sua voz aquele ensinamento terá sentido, é como uma música insossa que ao ser interpretada pelo cantor certo ganha uma dimensão tocante e surpreendente, porque de alguma maneira essa versão era a que te chega à alma e abraça e você nem acredita, mas é a mesma canção. Pode ser um amigo, um amor, um desconhecido numa conversa numa praça, pode ser um professor ou até um escritor.

Talvez você tenha a sorte de ter várias dessas pessoas no seu caminho, se reinvente e redescubra sua missão de vida N vezes, ou talvez essa única vez seja suficiente para deixar digitais no seu espírito e nunca haverá outro que possa apagar. Não posso te dizer que estarão juntos um dia ou todos os dias, ou que serão felizes para sempre, não há felicidade eterna na Terra, aqui somos desafiados a cair e levantar, a sorrir apesar do caos varrido para debaixo do tapete. Na vida temos que lutar e caminhar feridos, mas esse ser especial para ti verá sua queda e apanhará seu coração do chão, dará um beijinho para sarar (assim como sua mãe fazia na infância) e te devolverá ao peito com carinho para que sigas mais forte, ao menos por mais uns quilômetros.

Autora: Laine Ferreira